papel.png

Uma musica animada para começar o dia.  Retrata a força de vontade e perseverança necessários para atingir seus objetivos!

ESCOTEIRO EU SOU

 

Um novo dia amanheceu, já vejo o sol brilhar

Acordo apressado, pois estou empolgado, vamos começar

Um novo desafio, mas eu me preparei, por isso vou lutar

 

Vou seguir, caminhar, escoteiro eu sou

Vou continuar, a bandeira vou levantar

 

O coração batendo a mil, em formação estou

Olho pros meus amigos, colegas e queridos vamos começar

Um novo desafio, mas eu me preparei por isso vou lutar

 

Vou seguir, caminhar, escoteiro eu sou

Vou continuar, a bandeira vou levantar

Composição Orlielto Santos de Oliveira

papel.png

AO AR LIVRE

Hey brother, saia desse sofá

Abra sua cortina, veja o sol brilhar

Lá fora há um mato divino

Onde o ar é puro e vai te curar

 

Isso é que é vida

Não podia ser melhor

Aventuras todo dia

E amigos ao redor

 

Hey sister, saia dessa bad

Mude o pensamento, deixe isso prá lá

Lá fora existe uma trilha

Até um riacho, bora mergulhar.

 

Isso sim que é vida

Não podia ser melhor

Aventuras todo dia

E amigos ao redor

 

Hey people, respirem bem fundo

Coloquem suas ideias, todas no lugar

A vida quer nos ver alegres

Sorriso no rosto, pode acreditar

 

Isso sim que é vida

Não podia ser melhor

Aventuras todo dia

E amigos ao redor (x2)


Um convite a sair para respirar.

A canção é um retrato da vida escoteira, grande inspiração para a união da banda, sendo que nossos integrantes são, em grande maioria, escoteiros.

papel.png

ESCALADA

Olho lá pra cima, pronto para encarar

A distância é grande, E o sol de rachar

Lá embaixo, da estrada

parecia mais perto

Respiro bem fundo, tenho olhos abertos

A vista é um sonho, não quero acordar.

Estou indo lá pra cima

 

E escalo essa pedra,

Ignoro meu cansaço

Agarro firme a corda

Pro amigo estendo o braço

Já sinto perto as nuvens

O vento sopra meu chapéu

Vamos juntos lá pra cima

Onde a terra toca o céu

 

A preparação foi longa

E o treino foi intenso

A equipe reunida

E o clima está tenso

Um receio eu tenho não dá pra negar

Será que sou resistente será que vou aguentar

Mas agora é tarde, estou na metade,

Estou subindo, baby

 

E escalo essa pedra

Ignoro meu cansaço

Agarro firme a corda

Pro amigo estendo o braço

Já sinto perto as nuvens

O vento sopra meu chapéu

Vamos juntos lá pra cima

Onde a terra toca o céu

 

Tô no topo baby

Tô subindo baby

A música usa a uma aventura em uma grande montanha como metáfora para exemplificar os esforços e batalhas na conquista de sonhos e objetivos.

papel.png

DESERTO INTERIOR

Virando o dia

Virando a noite

Sigo sedento sem saber pra onde vou

Cabelos ao vento É Bom...

E a qualquer momento, estou....

No meu oásis, de paz

Cante comigo, uma vez mais...

Uma vez mais (3x)

 

Um novo dia

Uma nova noite

A sensação de recomeço me tocou

A liberdade, chegou

O meu deserto, interior

Encho meu peito deste ar

Na água da vida, me encontrar

Encontrar (3x)

Um novo eu

Alguém melhor que eu

Cheio de história pra contar

Sente aqui, abra seu coração

Deixe essa chuva te molhar

Te molhar, te encontrar, uma vez mais...

Deserto interior aborda busca por autoconhecimento e a necessidade de reforma íntima, com uma melodia animada e inspiradora.

papel.png

FAR AWAY

 

Vou viajar pra longe, onde ninguém me encontre

Viajar pra longe, onde ninguém me encontrre

Far away

 

Vou viajar a América, numa motocicleta

Vou viajar a Europa com uma mochila nas costas

Vou viajar, pro Egito, para conhecer o passado

Viajar pro Saara, e me perder no deserto,

Far away

 

Aproveite que é livre!

O mundo está ao seu alcance

Só precisa coragem e o primeiro passo

Aproveite que é livre

Não deixe o sonho escapar por apego e medo

Sua viajem está começando

 

Vou viajar pra África, conhecer novos povos

Viajar pra Ásia, conhecer novas culturas

Vou viajar pra Cuzco, conhecer as ruínas

Viajar pra Grécia, conhecer a nossa história

Far away

Uma música que incentiva as pessoas a saírem da caixa, perderem seus medos e apegos para conhecer o mundo maravilhoso em que vivemos!

papel.png

GUILHOTINA DE MOÇAMBIQUE

 

Um dia lá andava, um dia encontrei

A porta pro outro mundo, que um dia entrarei

A porta era estreita, a porta era escondida

A porta era estranha parecia uma ferida

Ferida com casca afiada e pontiaguda

Mantinha longe a vida, mantinha longe a ajuda

 

Ali dentro havia morte, ali se ouviam gritos

O cheiro era tão forte, ali se faziam ritos

O mar logo se enchia, rápido e ligeiro

Traga as moedas pro barqueiro...

 

Ali dentro havia morte, ali se ouviam gritos!

O cheiro era tão forte, ali se faziam ritos!

O mar logo se enchia, rápido e ligeiro.

Traga as moedas pro barqueiro...

Guilhotina de moçambique foi inspirada no primeiro contato do autor com o  "Buraco dos Assassinados", um lugar onde o governo colonial português executava rebeldes moçambicanos. Essa música utiliza elementos de misticismo e mitologia grega

papel.png

TEMPESTADE TROPICAL
 

Veja como empurra o barco contra o mar

Veja como força, o barqueiro a voltar

Veja como a luta nunca vai acabar

O homem e a natureza quem é que vai ganhar?

 

Encara, Sopra, Deita, Uiva

 

Somos todos novos, nesse planeta bilenar

Para onde é que vamos, se a natureza se zangar

Pro novo começar, o velho tens que destruir

A tempestade se encarrega, não tem como fugir

Feita durante uma poderosa tempestade em Moçambique, mostra como o ser humano é pequeno  frente à natureza.

papel.png

VIDA SINCERA

 

Quando era pequeno só pensava em futebol

Ia pro campinho soltar pipa sem cerol

Descia a ladeira com carro de rolimã

Esticava uma lona pra brinca de tobogã

 

Hoje sou um adulto chato que só pensa em trabalhar

Onde está aquela criança? Onde é que foi parar?

Saudades desse tempo que nunca vai voltar

Fecho os olhos e recordo Pra viver é só lembrar

 

Tá na hora de uma vida mais sincera!

Tá na hora de reviver a primavera

Tá na hora de afugentar minhas quimeras 

Tá na hora de voltar a ser quem era

Como foi boa minha infância...  Como foi boa minha infância... (2x)

 

Adorava ir pra escola me encontrar com meus amigos

Bagunçava a aula toda e vivia de castigo

Na hora do recreio ia pra fila da cantina

Encontrava a galera e paquerava as meninas

 

Hoje sou um adulto chato que só pensa em trabalhar

Onde está aquela criança? Onde é que foi parar?

Saudades desse tempo que nunca vai voltar

Fecho os olhos e recordo Pra viver é só lembrar

 

Ta na hora de uma vida mais sincera!

Ta na hora de reviver a primavera

Ta na hora de repensar minhas quimeras

Ta na hora de voltar a ser quem era

Como era feliz e não sabia...     

Como era feliz e não sabia... (2x)

 

Como foi boa minha infância

 Esta é uma música alegre que faz o ouvinte lembrar dos bons momentos da sua juventude, trazendo nostalgia e reflexão...

papel.png

AS CRIANÇAS NÃO ESTÃO BEM

 

Quando jovens tudo ia brilhar (oh ho)

Naquele velho bairro todos a sonhar (oh ho)

Cada críança naquela vila (oh ho)

Ia conseguir vencer na vida.

 

Agora o bairro está rachado em pó. (oh ho)

As crianças são adultos e estão na pior. (oh ho)

Como pode  uma rua

Engolir nosso amanhã.

 

Sem amor, Sem sorrir, Sem saber, Pra onde ir

Perdido estou, a fugir, sem futuro, a cair.

 

Ana teve chances não aproveitou, (oh ho)

Conheceu um cara e engravidou (oh ho)

Maicon até hoje não saiu de casa, (oh ho)

Fuma, bebe e não faz mais nada

 

Jaqueline se suicidou (oh ho)

Zé teve overdose não aguentou (oh ho)

Mas que diabos aconteceu

Onde é que o mundo errou?

 

Sem amor, Sem sorrir, Sem saber pra onde ir 

Perdido estou, a fugir, sem futuro, a cair.

Baseada na música The Kids Aren't alright, da banda The Offspring, esta letra traz uma reflexão sobre a juventude brasileira.

papel.png

BABA

Quem abandonou, quem foi que esqueceu esta criança Baba?

Quem menosprezou, quem desmereceu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

Quem desorientou quem enfraqueceu esta criança baba

Quem traumatizou, quem adoeceu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

 

Criança tem o direito a vida, criança tem o direito a saúde

Criança tem direito a ser livre, criança tem o direito ao amor

 

Quem foi que encontrou, quem protegeu esta criança Baba?

Quem recuperou quem desenvolveu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

 

Quem foi quem cuidou, e a paz devolveu a esta criança baba

Quem recuperou, quem desenvolveu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

 

Criança tem o direito aos estudos, criança tem o direito a família

Criança tem o direito a um lar, criança tem o direito a ser quem ela é

Baba, Baba, Baba iê iê iê

Baseada em experiências em Moçambique, essa canção trata de direitos para as crianças. Tem um formato de oração, considerando que a palavra "Baba" significa Deus em dialetos Moçambicanos. Seu tema principal é a esperança em condições melhores para as crianças.

O que pensam de mim
00:00 / 01:04
papel.png

O QUE PENSAM DE MIM

 

Sentimentos ruins contra mim

As lágrimas tomam o lugar da

Não há lugar onde eu possa ir

Sem me sentir perdido em solidão

 

Eu mesmo me vejo assim

Sempre indo na contramão

Será que eu sou tão errado assim

E os que zombam de mim têm razão

 

Quando não há ar pra respirar

E tudo parece contra mim lutar

Vou me lembrar de quem sou e assim

Não preciso saber o que pensam de mim

Não preciso saber o que pensam de mim

 

Eu mesmo me vejo assim

Sempre indo na contramão

Será que eu sou tão errado assim

E os que zombam de mim têm razão

 

Quando não há ar pra respirar

E tudo parece contra mim lutar

Vou me lembrar de quem sou e assim

 Não preciso saber o que pensam de mim

 

Quando não há ar pra respirar

E tudo parece contra mim lutar

Vou me lembrar de quem sou e assim

Não preciso saber o que pensam de mim

Não preciso saber o que pensam de mim

Música que reflete sentimentos que, muitas vezes, causam efeitos negativos. Em contrapartida a esperança surge, ao enxergar a situação de outro ponto de vista. Retrata, principalmente, a ansiedade que a pressão social e a gana por ser aceito causam no ser humano.

papel.png

DICA

Está tudo bem, estou do teu lado, você não é um derrotado

Aguente firme, você consegue, deixe seus medos no passado

 

Tudo que acontece é uma chance para você aprender

Abra sua mente e fique atento para essa dica receber

Aquilo que procura não está fora, está dentro de você

 

Não desanime, isso acontece, o erro vai ser superado

Olhe pra cima olhe pra frente, deixe na história o seu legado

 

Tudo que acontece é uma chance para você aprender

Abra sua mente e fique atento para essa dica receber

Aquilo que procura não está fora, está dentro de você

 

Não fique triste, faça uma prece, o teu engano já foi pago

Você é forte, você não merece, não mais se sinta envergonhado

 

Tudo que acontece é uma chance para você aprender

Abra sua mente e fique atento para essa dica receber

Aquilo que procura não está fora, está dentro de você

Música com características "punch" e ritmo rápido que traz conforto àqueles que, por uma razão ou outra, carregam o peso da culpa ou se sentem frustrados por algo.

papel.png

CHAMA

 

Um farol que guia e contagia Não é fácil de se encontrar

Mas quando aparece ouvindo minha prece, sinto a luz tentando me achar 

 

Pode até parecer irreal, um tanto irracional, mas a sigo até o final

E o que encontro não é normal, este farol é sensacional

 

O fogo alimenta a chama que aumenta girando atenta a te procurar

E assim que tu peças, te faço a promessa, que essa luz te abençoará

 

Pode até parecer irreal, um tanto irracional, mas a sigo até o final

E o que encontro não é normal, este farol é sensacional

 

É sensacional, nunca vi nada igual, a luz do meu farol brilha forte como o sol (8x)

A letra reflete a importância de fazer parte de um grupo voltado a conquistar objetivos maiores, norteado por valores e amizade

papel.png

YOU GOTTA HAVE GUTS (TEM QUE TER CORAGEM)

 

Você não sabe nada de mim

Não sabe o que eu passei pra chegar até aqui

Você só pode palpitar

Se tiver a consciência de ouvir

Mas você só ouve a sua voz

Não me espanta você não ouvir nenhum de nós

Se admitir causa desespero

Vou ignorar seu discurso inteiro

 

Pra sobreviver, vá com outros aprender

Os grandes prosperaram por saber viver

Fazer a diferença ou ser mais um dentro do bus?

Pra se analisar e melhorar, you gotta have guts

Explicita a característica de alguém que apenas houve a própria voz, vivendo em uma realidade aceita apenas por si. Fala sobre a coragem para mudar e evoluir, já que acreditamos que isso não é fácil para todos.

papel.png

RIO

 

Partiu, e a esperança então sumiu, das minhas veias se esvaiu

Pelo espaço que você deixou, nos deixou...

A água, me relaxa e acalma limpa toda minha alma

E é por isso que eu choro, tanto Choro...

 

Vou cair no rio, esteja quente ou frio, o que importa é alma lavar

Sair por aí, sem ter para onde ir, na esperança de encontrar

 

Molho os pés, viro um só com minha fé, caminho até onde eu puder

Sentindo as pedras pelo chão, pés no chão

Ergo as mãos, pelo que fiz peço perdão, tenho por tudo gratidão

Desse sentimento quero lhe falar

 

Vou cair no rio, esteja quente ou frio, o que importa é alma lavar

Sair por aí, sem ter para onde ir, na esperança de encontrar

De letra reflexiva e melodia forte, a música é baseada em experiências de luto. "Rio" expõe os pensamento e sentimentos de alguém nessa situação, mostrando como uma pessoa lida com a ideia da perda.

papel.png

A PARTIDA

 

Hoje vai ser meu último dia

Com aqueles que formam minha família

Foram muitos anos de camaradagem                                                      

Mas chegou a hora de seguir viagem                           

Foram tantas coisas, tantas histórias

Ficarão guardadas na minha memória

Tenho trabalhado esse meu apego

E hoje vou partir sem medo

Da minha família falta sentirei. Do meu velho bairro nunca esquecerei.

Da galera amada vou sentir saudades. Levarei pra sempre essas amizades                      

Pois minha cabeça já não é a igual,                                      

E esse sentimento é tão surreal

Preciso de novas experiências                                       

E sei que para tudo há consequências

Aguardo curioso meu futuro

Tudo é tão novo sinto-me inseguro

Será que vou encontrar companheiros

Como eram meus velhos parceiros

Da minha família falta sentirei. Do meu velho bairro nunca esquecerei.

Da galera amada vou sentir saudades. Levarei pra sempre essas amizades

(2x)

Trata das mudanças que temos que enfrentar no decorrer do tempo. Escolhas nos levam a lugares que, muitas vezes, nos forçam a mudar nossa realidade, amigos, contexto, região etc.

papel.png

DEIXE-ME EM PAZ

 

Não me julgue sem me conhecer, não cobre o que eu não sei fazer

Nunca saberá o que há comigo, até me compreender

Pode rir enquanto eu choro, a dor é grande mas ignoro.

Não consigo mais me entender, deixe-me em paz!

 

Não aguento mais, não aguento mais, não me deixe quebrar

Volte pro seu lugar, pare de incomodar e deixe-me em paz.

 

Sei de coisas que você não sabe, já fiz coisas que a você não cabe

Não pense que já me conhece, pois não sabe a metade.

Não preciso de remédio, não suporto mais esse tédio

Como é que faço para essa dor passar?

 

Não aguento mais, não aguento mais, não me deixe quebrar

Volte pro seu lugar, pare de incomodar e deixe-me em paz

 

Deixe me em paz, já não aguento mais! Esse mundo tá maluco o que esperam de um

Que não sabe o que quer e nem ideia de quem é!

Obrigado a ser feliz sendo aquilo que ñ quis

Pois tudo recebeu e não agradeceu, uma vida pressionada que nem mesmo escolheu

Depressão já está aqui, não tem como fugir, deixa eu ficar aqui, chorando até sumir

Será que tenho sorte? Que tenho que ser forte?

Algo não está certo, só espero a minha morte

Clínico químico! Anímico cínico!

O que sinto é um vazio, o moral já decaiu, o prazer se esvaiu e a alegria já sumiu

Mas deixe isso pra lá, deixe isso acabar, deixe-me em paz

 

Não aguento mais, não aguento mais, não me deixe quebrar

Volte pro seu lugar, pare de incomodar e deixe-me em paz.

Outra das nossas canções que trata de pressão social e suas consequências, principalmente por nosso público inicial ser majoritariamente jovem. De qualquer forma, a letra serve para qualquer idade, desde que alguém se sinta dessa forma

papel.png

VOCÊ CHEGA LÁ

 

A vida é dura, temos que lutar

Se quer moleza é melhor não encarar

Nada é de graça, esteja disposto

A derramar suor pelo rosto

 

Vai escorrer, vai te salgar, te inspirar A ser mais forte

Siga seu norte

Você chega lá!

 

Se prepare, se fortaleça

Aprenda algo, use a cabeça

A vida é curta, passa depressa

É uma ponte que se atravessa

 

Não procrastine, não desanime, you’ll be alright

Conquiste seu espaço, aperte o passo Você chega lá!

 

Sonhar é bom, é necessário

Mas quem só sonha, dorme e perde o horário

Ficar de drama e afundar na lama

A vida cobra de quem só reclama

 

Lave essa cara, tire o pijama, coloque a bota

A vida pulsa, encare o mundo, abra essa porta

Você chega lá

Esta música vai te insipirar a ser mais forte, vencer as batalhas e atingir seus ideaia

papel.png

SERRA DO MAR

Eu desci o Itupava não tinha mais nada pra fazer

Eu subi o Anhangava pra tentar achar você

 

De Longe eu avistava o grande pico Paraná

Do outro lado eu via o belo atlântico a brilhar

Eu vejo a grande Curitiba, Morretes e Paranaguá

Guaraqueçaba, Matinhos, Guaratuba e Caiobá

 

Eu desci o Itupava não tinha mais nada pra fazer

Eu subi o Anhangava pra tentar achar você

 

Eu parei no roda d'água, Achei caldo de cana pra tomar

Um pastel frito na hora E polvilho seco pra engasgar

Botei tudo na mala e parei no Ipiranga pra almoçar

Comi um pote de palmito, banana e licor de araçá

 

Eu desci o Itupava não tinha mais nada pra fazer

Eu subi o Anhangava pra tentar achar você

 

Vi Jaguatirica, serelepe Gavião, Surucuá

Tucano, Onça, Coati , gato-do-mato, Bugio e Carcará

Vi Urucurana, Aroeira e Canela-Guaicá

 Vi a Quaresmeira, Corticeira, Embaúba e Cambará.

Serra do Mar é uma música animada que retrata a biodiversidade e a cultura do litoral paranaense

papel.png

CANÇÃO DO FAROL

 

O sol se pôs e a gente aqui
O que passou, não acaba assim
Temos muito tempo pra sonhar
Na nossa vida amigos vêm e vão
Como um farol que mostra a direção
Para encontrar é só acreditar

Para saber quão longe vai chegar
Olhe as estrelas no céu a iluminar
Seu coração não tardará achar
O mundo que sua vida irá mudar

Amigos leais podemos confiar
Em volta do fogo pra compartilhar
O que serviu de aprendizagem
Momentos assim não se apagam jamais
Olhe ao seu redor veja o que a vida traz
Onde estiver que prevaleça a paz

Para saber quão longe vai chegar
Olhe as estrelas no céu a iluminar
Seu coração não tardará achar
O mundo que sua vida irá mudar

Espere e verá!

Música composta pela escoteira Nina, em homenagem ao Grupo Escoteiro Farol do Passaúna - Brasil 

papel.png

TUDO PASSA

 

Quando vamos nos livrar da dor

Quando vamos encontrar o amor

Quando não vai importar a cor

Quando vamos ver o sol se pôr

 

Nossos dias já não são iguais

Já não temos os mesmos ideais

Os motivos são tão banais

As promessas tão irreais

 

Tudo passa, tudo passará

Tudo, tudo se encaixará

Tudo, logo, tu descobrirás

A verdade se revelará

 

Tudo isso vai passar

O que importa é quem vai se importar

Não sabemos o quanto vai durar

Só sabemos que vai passar

 

Tudo passa, tudo passará

Tudo, tudo se encaixará

Tudo, logo, tu descobrirás

A verdade se revelará

Primeira música gravada da banda, intensa e cânone, foi feita para levar reflexão e esperança neste momento em que a sociedade vive. Poderá ser usada em outros contextos no futuro, pois a ideia de "isso no fundo é um aprendizado e uma oportunidade de crescimento" será sempre atual.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ESCOTEIRO EU SOU

 

Um novo dia amanheceu, já vejo o sol brilhar

Acordo apressado, pois estou empolgado, vamos começar

Um novo desafio, mas eu me preparei, por isso vou lutar

 

Vou seguir, caminhar, escoteiro eu sou

Vou continuar, a bandeira vou levantar

 

O coração batendo a mil, em formação estou

Olho pros meus amigos, colegas e queridos vamos começar

Um novo desafio, mas eu me preparei por isso vou lutar

 

Vou seguir, caminhar, escoteiro eu sou

Vou continuar, a bandeira vou levantar

 

AO AR LIVRE

 

Hey brother, saia desse sofá

Abra sua cortina, veja o sol brilhar

Lá fora há um mato divino

Onde o ar é puro e vai te curar

 

Isso é que é vida

Não podia ser melhor

Aventuras todo dia

E amigos ao redor

 

Hey sister, saia dessa bad

Mude o pensamento, deixe isso prá lá

Lá fora existe uma trilha

Até um riacho, bora mergulhar.

 

Isso sim que é vida

Não podia ser melhor

Aventuras todo dia

E amigos ao redor

 

Hey people, respirem bem fundo

Coloquem suas ideias, todas no lugar

A vida quer nos ver alegres

Sorriso no rosto, pode acreditar

 

Isso sim que é vida

Não podia ser melhor

Aventuras todo dia

E amigos ao redor (x2)

 

ESCALADA

Olho lá pra cima, pronto para encarar

A distância é grande, E o sol de rachar

Lá embaixo, da estrada

parecia mais perto

Respiro bem fundo, tenho olhos abertos

A vista é um sonho, não quero acordar.

Estou indo lá pra cima

 

E escalo essa pedra,

Ignoro meu cansaço

Agarro firme a corda

Pro amigo estendo o braço

Já sinto perto as nuvens

O vento sopra meu chapéu

Vamos juntos lá pra cima

Onde a terra toca o céu

 

A preparação foi longa

E o treino foi intenso

A equipe reunida

E o clima está tenso

Um receio eu tenho não dá pra negar

Será que sou resistente será que vou aguentar

Mas agora é tarde, estou na metade,

Estou subindo, baby

 

E escalo essa pedra

Ignoro meu cansaço

Agarro firme a corda

Pro amigo estendo o braço

Já sinto perto as nuvens

O vento sopra meu chapéu

Vamos juntos lá pra cima

Onde a terra toca o céu

 

Tô no topo baby

Tô subindo baby

DESERTO INTERIOR

 

Virando o dia

Virando a noite

Sigo sedento sem saber pra onde vou

Cabelos ao vento É Bom...

E a qualquer momento, estou....

No meu oásis, de paz

Cante comigo, uma vez mais...

Uma vez mais (3x)

 

Um novo dia

Uma nova noite

A sensação de recomeço me tocou

A liberdade, chegou

O meu deserto, interior

Encho meu peito deste ar

Na água da vida, me encontrar

Encontrar (3x)

Um novo eu

Alguém melhor que eu

Cheio de história pra contar

Sente aqui, abra seu coração

Deixe essa chuva te molhar

Te molhar, te encontrar, uma vez mais...

FAR AWAY

 

Vou viajar pra longe, onde ninguém me encontre

Viajar pra longe, onde ninguém me encontrre

Far away

 

Vou viajar a América, numa motocicleta

Vou viajar a Europa com uma mochila nas costas

Vou viajar, pro Egito, para conhecer o passado

Viajar pro Saara, e me perder no deserto,

Far away

 

Aproveite que é livre!

O mundo está ao seu alcance

Só precisa coragem e o primeiro passo

Aproveite que é livre

Não deixe o sonho escapar por apego e medo

Sua viajem está começando

 

Vou viajar pra África, conhecer novos povos

Viajar pra Ásia, conhecer novas culturas

Vou viajar pra Cuzco, conhecer as ruínas

Viajar pra Grécia, conhecer a nossa história

Far away

GUILHOTINA DE MOÇAMBIQUE

 

Um dia lá andava, um dia encontrei

A porta pro outro mundo, que um dia entrarei

A porta era estreita, a porta era escondida

A porta era estranha parecia uma ferida

Ferida com casca afiada e pontiaguda

Mantinha longe a vida, mantinha longe a ajuda

 

Ali dentro havia morte, ali se ouviam gritos

O cheiro era tão forte, ali se faziam ritos

O mar logo se enchia, rápido e ligeiro

Traga as moedas pro barqueiro...

 

Ali dentro havia morte, ali se ouviam gritos!

O cheiro era tão forte, ali se faziam ritos!

O mar logo se enchia, rápido e ligeiro.

Traga as moedas pro barqueiro...

TEMPESTADE TROPICAL

 

Veja como empurra o barco contra o mar

Veja como força, o barqueiro a voltar

Veja como a luta nunca vai acabar

O homem e a natureza quem é que vai ganhar?

 

Encara, Sopra, Deita, Uiva

 

Somos todos novos, nesse planeta bilenar

Para onde é que vamos, se a natureza se zangar

Pro novo começar, o velho tens que destruir

A tempestade se encarrega, não tem como fugir

VIDA SINCERA

 

Quando era pequeno só pensava em futebol

Ia pro campinho soltar pipa sem cerol

Descia a ladeira com carro de rolimã

Esticava uma lona pra brinca de tobogã

 

Hoje sou um adulto chato que só pensa em trabalhar

Onde está aquela criança? Onde é que foi parar?

Saudades desse tempo que nunca vai voltar

Fecho os olhos e recordo Pra viver é só lembrar

 

Tá na hora de uma vida mais sincera!

Tá na hora de reviver a primavera

Tá na hora de afugentar minhas quimeras 

Tá na hora de voltar a ser quem era

Como foi boa minha infância...  Como foi boa minha infância... (2x)

 

Adorava ir pra escola me encontrar com meus amigos

Bagunçava a aula toda e vivia de castigo

Na hora do recreio ia pra fila da cantina

Encontrava a galera e paquerava as meninas

 

Hoje sou um adulto chato que só pensa em trabalhar

Onde está aquela criança? Onde é que foi parar?

Saudades desse tempo que nunca vai voltar

Fecho os olhos e recordo Pra viver é só lembrar

 

Ta na hora de uma vida mais sincera!

Ta na hora de reviver a primavera

Ta na hora de repensar minhas quimeras

Ta na hora de voltar a ser quem era

Como era feliz e não sabia...     

Como era feliz e não sabia... (2x)

 

Como foi boa minha infância

 

AS CRIANÇAS NÃO ESTÃO BEM

 

Quando jovens tudo ia brilhar (oh ho)

Naquele velho bairro todos a sonhar (oh ho)

Cada críança naquela vila (oh ho)

Ia conseguir vencer na vida.

 

Agora o bairro está rachado em pó. (oh ho)

As crianças são adultos e estão na pior. (oh ho)

Como pode  uma rua

Engolir nosso amanhã.

 

Sem amor, Sem sorrir, Sem saber, Pra onde ir

Perdido estou, a fugir, sem futuro, a cair.

 

Ana teve chances não aproveitou, (oh ho)

Conheceu um cara e engravidou (oh ho)

Maicon até hoje não saiu de casa, (oh ho)

Fuma, bebe e não faz mais nada

 

Jaqueline se suicidou (oh ho)

Zé teve overdose não aguentou (oh ho)

Mas que diabos aconteceu

Onde é que o mundo errou?

 

Sem amor, Sem sorrir, Sem saber pra onde ir 

Perdido estou, a fugir, sem futuro, a cair.





 

BABA

Quem abandonou, quem foi que esqueceu esta criança Baba?

Quem menosprezou, quem desmereceu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

Quem desorientou quem enfraqueceu esta criança baba

Quem traumatizou, quem adoeceu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

 

Criança tem o direito a vida, criança tem o direito a saúde

Criança tem direito a ser livre, criança tem o direito ao amor

 

Quem foi que encontrou, quem protegeu esta criança Baba?

Quem recuperou quem desenvolveu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

 

Quem foi quem cuidou, e a paz devolveu a esta criança baba

Quem recuperou, quem desenvolveu esta criança Baba?

Baba, Baba, Baba iê iê iê

 

Criança tem o direito aos estudos, criança tem o direito a família

Criança tem o direito a um lar, criança tem o direito a ser quem ela é

Baba, Baba, Baba iê iê iê

O QUE PENSAM DE MIM

 

Sentimentos ruins contra mim

As lágrimas tomam o lugar da

Não há lugar onde eu possa ir

Sem me sentir perdido em solidão

 

Eu mesmo me vejo assim

Sempre indo na contramão

Será que eu sou tão errado assim

E os que zombam de mim têm razão

 

Quando não há ar pra respirar

E tudo parece contra mim lutar

Vou me lembrar de quem sou e assim

Não preciso saber o que pensam de mim

Não preciso saber o que pensam de mim

 

 

Eu mesmo me vejo assim

Sempre indo na contramão

Será que eu sou tão errado assim

E os que zombam de mim têm razão

 

Quando não há ar pra respirar

E tudo parece contra mim lutar

Vou me lembrar de quem sou e assim

 Não preciso saber o que pensam de mim

 

Quando não há ar pra respirar

E tudo parece contra mim lutar

Vou me lembrar de quem sou e assim

Não preciso saber o que pensam de mim

Não preciso saber o que pensam de mim

DICA

Está tudo bem, estou do teu lado, você não é um derrotado

Aguente firme, você consegue, deixe seus medos no passado

 

Tudo que acontece é uma chance para você aprender

Abra sua mente e fique atento para essa dica receber

Aquilo que procura não está fora, está dentro de você

 

Não desanime, isso acontece, o erro vai ser superado

Olhe pra cima olhe pra frente, deixe na história o seu legado

 

Tudo que acontece é uma chance para você aprender

Abra sua mente e fique atento para essa dica receber

Aquilo que procura não está fora, está dentro de você

 

Não fique triste, faça uma prece, o teu engano já foi pago

Você é forte, você não merece, não mais se sinta envergonhado

 

Tudo que acontece é uma chance para você aprender

Abra sua mente e fique atento para essa dica receber

Aquilo que procura não está fora, está dentro de você

CHAMA

 

Um farol que guia e contagia Não é fácil de se encontrar

Mas quando aparece ouvindo minha prece, sinto a luz tentando me achar 

 

Pode até parecer irreal, um tanto irracional, mas a sigo até o final

E o que encontro não é normal, este farol é sensacional

 

O fogo alimenta a chama que aumenta girando atenta a te procurar

E assim que tu peças, te faço a promessa, que essa luz te abençoará

 

Pode até parecer irreal, um tanto irracional, mas a sigo até o final

E o que encontro não é normal, este farol é sensacional

 

É sensacional, nunca vi nada igual, a luz do meu farol brilha forte como o sol (8x)

YOU GOTTA HAVE GUTS (TEM QUE TER CORAGEM)

 

Você não sabe nada de mim

Não sabe o que eu passei pra chegar até aqui

Você só pode palpitar

Se tiver a consciência de ouvir

Mas você só ouve a sua voz

Não me espanta você não ouvir nenhum de nós

Se admitir causa desespero

Vou ignorar seu discurso inteiro

 

Pra sobreviver, vá com outros aprender

Os grandes prosperaram por saber viver

Fazer a diferença ou ser mais um dentro do bus?

Pra se analisar e melhorar, you gotta have guts




 

RIO

 

Partiu, e a esperança então sumiu, das minhas veias se esvaiu

Pelo espaço que você deixou, nos deixou...

A água, me relaxa e acalma limpa toda minha alma

E é por isso que eu choro, tanto Choro...

 

Vou cair no rio, esteja quente ou frio, o que importa é alma lavar

Sair por aí, sem ter para onde ir, na esperança de encontrar

 

Molho os pés, viro um só com minha fé, caminho até onde eu puder

Sentindo as pedras pelo chão, pés no chão

Ergo as mãos, pelo que fiz peço perdão, tenho por tudo gratidão

Desse sentimento quero lhe falar

 

Vou cair no rio, esteja quente ou frio, o que importa é alma lavar

Sair por aí, sem ter para onde ir, na esperança de encontrar

 

 

 

 

         

A PARTIDA

 

Hoje vai ser meu último dia

Com aqueles que formam minha família

Foram muitos anos de camaradagem                                                      

Mas chegou a hora de seguir viagem                           

Foram tantas coisas, tantas histórias

Ficarão guardadas na minha memória

Tenho trabalhado esse meu apego

E hoje vou partir sem medo

Da minha família falta sentirei. Do meu velho bairro nunca esquecerei.

Da galera amada vou sentir saudades. Levarei pra sempre essas amizades                      

Pois minha cabeça já não é a igual,                                      

E esse sentimento é tão surreal

Preciso de novas experiências                                       

E sei que para tudo há consequências

Aguardo curioso meu futuro

Tudo é tão novo sinto-me inseguro

Será que vou encontrar companheiros

Como eram meus velhos parceiros

Da minha família falta sentirei. Do meu velho bairro nunca esquecerei.

Da galera amada vou sentir saudades. Levarei pra sempre essas amizades

(2x)

 

 

 

 

 

DEIXE-ME EM PAZ

 

Não me julgue sem me conhecer, não cobre o que eu não sei fazer

Nunca saberá o que há comigo, até me compreender

Pode rir enquanto eu choro, a dor é grande mas ignoro.

Não consigo mais me entender, deixe-me em paz!

 

Não aguento mais, não aguento mais, não me deixe quebrar

Volte pro seu lugar, pare de incomodar e deixe-me em paz.

 

Sei de coisas que você não sabe, já fiz coisas que a você não cabe

Não pense que já me conhece, pois não sabe a metade.

Não preciso de remédio, não suporto mais esse tédio

Como é que faço para essa dor passar?

 

Não aguento mais, não aguento mais, não me deixe quebrar

Volte pro seu lugar, pare de incomodar e deixe-me em paz

 

Deixe me em paz, já não aguento mais! Esse mundo tá maluco o que esperam de um

Que não sabe o que quer e nem ideia de quem é!

Obrigado a ser feliz sendo aquilo que ñ quis

Pois tudo recebeu e não agradeceu, uma vida pressionada que nem mesmo escolheu

Depressão já está aqui, não tem como fugir, deixa eu ficar aqui, chorando até sumir

Será que tenho sorte? Que tenho que ser forte?

Algo não está certo, só espero a minha morte

Clínico químico! Anímico cínico!

O que sinto é um vazio, o moral já decaiu, o prazer se esvaiu e a alegria já sumiu

Mas deixe isso pra lá, deixe isso acabar, deixe-me em paz

 

Não aguento mais, não aguento mais, não me deixe quebrar

Volte pro seu lugar, pare de incomodar e deixe-me em paz.

 

VOCÊ CHEGA LÁ

 

A vida é dura, temos que lutar

Se quer moleza é melhor não encarar

Nada é de graça, esteja disposto

A derramar suor pelo rosto

 

Vai escorrer, vai te salgar, te inspirar A ser mais forte

Siga seu norte

Você chega lá!

 

Se prepare, se fortaleça

Aprenda algo, use a cabeça

A vida é curta, passa depressa

É uma ponte que se atravessa

 

Não procrastine, não desanime, you’ll be alright

Conquiste seu espaço, aperte o passo Você chega lá!

 

Sonhar é bom, é necessário

Mas quem só sonha, dorme e perde o horário

Ficar de drama e afundar na lama

A vida cobra de quem só reclama

 

Lave essa cara, tire o pijama, coloque a bota

A vida pulsa, encare o mundo, abra essa porta

Você chega lá

SERRA DO MAR

Eu desci o Itupava não tinha mais nada pra fazer

Eu subi o Anhangava pra tentar achar você

 

De Longe eu avistava o grande pico Paraná

Do outro lado eu via o belo atlântico a brilhar

Eu vejo a grande Curitiba, Morretes e Paranaguá

Guaraqueçaba, Matinhos, Guaratuba e Caiobá

 

Eu desci o Itupava não tinha mais nada pra fazer

Eu subi o Anhangava pra tentar achar você

 

Eu parei no roda d'água, Achei caldo de cana pra tomar

Um pastel frito na hora E polvilho seco pra engasgar

Botei tudo na mala e parei no Ipiranga pra almoçar

Comi um pote de palmito, banana e licor de araçá

 

Eu desci o Itupava não tinha mais nada pra fazer

Eu subi o Anhangava pra tentar achar você

 

Vi Jaguatirica, serelepe Gavião, Surucuá

Tucano, Onça, Coati , gato-do-mato, Bugio e Carcará

Vi Urucurana, Aroeira e Canela-Guaicá

 Vi a Quaresmeira, Corticeira, Embaúba e Cambará.

CANÇÃO DO FAROL

 

O sol se pôs e a gente aqui
O que passou, não acaba assim
Temos muito tempo pra sonhar
Na nossa vida amigos vêm e vão
Como um farol que mostra a direção
Para encontrar é só acreditar

Para saber quão longe vai chegar
Olhe as estrelas no céu a iluminar
Seu coração não tardará achar
O mundo que sua vida irá mudar

Amigos leais podemos confiar
Em volta do fogo pra compartilhar
O que serviu de aprendizagem
Momentos assim não se apagam jamais
Olhe ao seu redor veja o que a vida traz
Onde estiver que prevaleça a paz

Para saber quão longe vai chegar
Olhe as estrelas no céu a iluminar
Seu coração não tardará achar
O mundo que sua vida irá mudar

Espere e verá!

 

 

 

 

TUDO PASSA

 

Quando vamos nos livrar da dor

Quando vamos encontrar o amor

Quando não vai importar a cor

Quando vamos ver o sol se pôr

 

Nossos dias já não são iguais

Já não temos os mesmos ideais

Os motivos são tão banais

As promessas tão irreais

 

Tudo passa, tudo passará

Tudo, tudo se encaixará

Tudo, logo, tu descobrirás

A verdade se revelará

 

Tudo isso vai passar

O que importa é quem vai se importar

Não sabemos o quanto vai durar

Só sabemos que vai passar

 

Tudo passa, tudo passará

Tudo, tudo se encaixará

Tudo, logo, tu descobrirás

A verdade se revelará